Associação Cultural Humaitá

Agbegbe fun ijosin ti orisá ati Umbanda

Jesus salve a Umbanda!!

No Circo da Vida, Jesus não poupou esforços para alcançar a seus irmãos todo o auxílio necessário para o estágio a ser vivenciado pelo espírito. E a Umbanda, uma de suas idéias mais amadas, é uma Linha de Trabalho, talvez, com a maior quantidade de tratamentos e de remédios!

E os trabalhadores da seara umbadista tem obrigação de conhecer os tratamentos e os remédios a disposição para si e para seus irmãos.

Porque quando estamos com problemas jurídicos, procuramos um advogado; no surgimento de questões contábeis, um contador; dificuldades psicológicas, um psicólogo ou um psiquiatra; outros males do corpo, os mais variados médicos, como pneumologistas, pediatras, traumatologistas, e por aí se vai nossa procura por auxílio.

Ora, e quando os problemas são espirituais? E quando as questões são aquelas que estão atingindo nossos corpos espirituais, como o corpo etério e o corpo astral (Do livro Apometria: os Orixás e as Linhas de Umbanda, do Norberto Peixoto)? Simples a resposta: devemos recorrer à Farmácia da Umbanda!!

Pela bondade do Sete Raios e do Pedra Negra, nossos Pais de Santo há anos vem cuidando da nossa farmácinha da terreira. Nossos médicos, diariamente, cuidam de todos nós. Ou quem nunca pediu socorro ao Pai Preto e a Mãe Preta antes das sessões e fora de qualquer sessão? Em um domingo ou sábado de noite? E lá vão eles fazer o preparado com as ervas da jurema…

Como uma Família, como pais cuidando de seus filhos sofridos, Jesus seca nossas lágrimas através do Amor de nossos guias, que nos escutam, mesmo vendo em nós a culpa pelas doenças do corpo e da alma. Ninguém sai sem ser atendido; ninguém sai sem um tratamento; NINGUÉM SAI SEM UMA RECEITA MÉDICA…

Embora com uma frequencia assustadora a “receita” seja invisível para nós – porque ela é direcionada para a equipe do outro lado – o auxílio ocorre em vários níveis vibratórios, envolvendo todos aqueles que fazem parte do problema. Seja dor no corpo, seja dor na alma, velas serão acesas, arruda será passada, simbolos serão riscados, o som do atabaque será direcionado e redirecionado, vibrações serão alteradas, extintas, aumentadas e ligadas.

Pratos serão feitos.

Recomendações e orientações serão dadas…

E aqui o remédio principal: comportamentos psicológicos do consulente deverão ser mudados…

Fato é que a Umbanda – atraves de seus Guias Superiores – criou e liberou para nós humanos uma lista interminável de remédios. Todos marcados pelo amor de cada Orixá ao seu filho; todos marcados pelo axé de cada Orixá; todos marcados pela simplicidade dos pés decalços de um Pai João Inácio, de uma Vó Maria Conga, do irmão Marcelo de Oxalá que, também descalco la na rua, em um piso de pedra, vai até o jardim da Mae Andréia, correndo buscar alguma erva, ou acender alguma vela num chão de cimento…

Assim, o Circo da Vida é atendido pela Umbanda do Sete Raios numa casa da Rua Gustavo Raupp pela Família Pagno…

Sarava a todos vocês.

José Augusto da Cunha Meira

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.