Associação Cultural Humaitá

Agbegbe fun ijosin ti orisá ati Umbanda
ITAN-Obatalá

DO LIVRO OBATALA, THE GREATEST AND OLDEST DIVINITY.

A história de Obàtálá não está completa sem esta cabaça, este pote misterioso, isso porque este pote faz parte da história da criação.

No início da criação, Olodumare deu Igba Iwa a Obàtálá, apenas para que ele reformasse e remodelasse o mundo sempre que houvesse caos e desordem. OLODUMARÉ escolheu Obàtálá para esta tarefa baseando-se em sua natureza gentil e mansa.

A finalidade do Igba Iwa, de acordo com o mito, é a de encontrar soluções para todos os tipos de problemas das pessoas e das outras criaturas invisíveis no universo sempre que houvesse necessidade.

Obàtálá, através de Igba Iwa, foi capaz de atrair muitas pessoas que queriam soluções espirituais para seus problemas, desafios e dificuldades.

Quando Olodumare reuniu todas as divindades uma vez criadas por ele para formar o estado físico de existência, o mundo físico ainda não possuía forma ou limites. Olodumare criou a água, e a água cobriu toda a expansão da Terra.

Olodumare então instruiu os Irunmoles, sobretudo Obàtálá, para oferecer um sacrifício com bastante areia e uma galinha de cinco dedos. Obàtálá ofereceu o sacrifício, conforme indicado por Olodumare, e o sacrifício foi aceito. O sacrifício ascendeu à morada de Olodumare. Sem muita dificuldade, a galinha de cinco dedos espalhou a areia sobre toda a extensão da área alagada da Terra. Onde quer que a galinha tenha passado para espalhar areia, logo se transformava em um local de terra separada das águas. As águas formaram grandes rios, mares e oceanos que ficavam ao lado da areia, o que fez com que o mundo tomasse uma belíssima forma.

A galinha espiritual empurrava oceanos, os rios e as outras águas de um lado e criava uma bela terra em outra parte. Enquanto isso a água que vivia sob a superfície terrestre se tornou um mistério pelo qual as divindades operam sob o solo, da mesma forma em que operam sobre a superfície da terra, através da chuva e do ar.

A terra separada cobriu uma grande parte do mundo a ser habitado por seres humanos criados por Obàtálá, e o sopro da vida torna-se a base de cada alma e é essa vibração que traz toda alma ao ser. O sopro de vida é o espírito em todos os seres vivos e a extensão do poder indestrutível de Olodumare que se move, se balança, e se irradia em todas as almas no universo.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.