Associação Cultural Humaitá

Agbegbe fun ijosin ti orisá ati Umbanda
Pedra Negra

Jesus Salve a Umbanda!!

E também Seu Pedra Negra!!! Aliás, especialmente ele, já que o outro lá de cima está bem salvo. Parece que posso escutar o Pedrão escarnear isso!!

Homem alto, bem vestido, olhos negros brilhantes, cabelos tipo Tarcisio Meira. E pensando bem, um Tarcisio do ano de 1985, quando fez o papel de Capitão Rodrigo. Passos firmes, de quem já errou muito, sabendo que estava errando, e que, do alto de seu cargo de barão do século XVIII, conquistou poder e autoridade.

De poucos amigos la debaixo, mas um fiel amigo de quem mora em seu refúgio de pedra, distante de tudo e todos. As vezes, taciturno; outras vezes, rodeado dos mais belos espíritos femininos. Mas não porque experimenta de desejos inferiores, mas sim porque suas vidas terrenas sempre foram de luxo, de grandiosidade, de bom gosto em tudo que toca e faz.

Por falar em bom gosto, se tem um espírito bem arrumado, na melhor moda espiritual, este é o Barão Pedra Negra. De traje sempre escuro, se veste de terno bem desenhado, preto ou cinza; quando preto, a parte interna é sempre vermelha; quando cinza, riscas de giz pretas fazem o desenho, permanecendo apenas branca a lapela.

Mas o que faz o Pedra Negra o centro das atenções por onde passa – desde uma sombria reunião com falanges negras e até encontros com sua gangue de quebradores de queixo em baile funk – todos olham para aquele cavalheiro alto e bonito. É a sua aura de inteligência e de sabedoria. Treinado cansativamente por seu mentor, seu velho pai, e debruçado por mais de 50 anos em livros e quase morando em bibliotecas, briha no Pedra Negra a Luz da Sabedoria (Aqui um ps.: existe uma vazio neste nosso Barão, um espaço que um dia será preenchido por sua família e que por emquanto é ocupado sabidamente pelo trabalho e pelo seu caráter).

Se vocês notaram, me referi não apenas a inteligência, mas também a sabedoria, que está na volta do nosso guardião. É que sabedoria poucos ainda tem. Sabedoria é a soma inteligência+razão. E estas qualidades nosso Barão tem de sobra. Mas que não dá para ninguém, por que quem quiser, que conquiste a sua.

E não se enganem sobre o coração de um Barão chamado Pedra Negra: é o maior do que podemos imaginar. Maior. É tão grande, quer faz dele um dos trabalhadores mais respeitados pelo Arcanjo Miguel. E será este coração que vai levar o menino Pedra Negra para perto de sua família novamente, de seu querido pai e de sua querida mãe…

Ah, e se o leitor associar as qualidades deste nosso Exu Pedra Negra com o seu aparelho, não se assuste, é que o aparelho já alcançou a mesma vibração do Missionário da Justiça…

Saravá a todos.

José Augusto da Cunha Meira.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.